Acompanhe nas Redes Sociais

Conhecimento

As 15 profissões que estão em alta no Brasil para 2020

Levantamento do LinkedIn identificou as ocupações que apresentaram maior taxa de crescimento nos últimos anos

Publicado

on

Photo: Shutterstock

LinkedIn divulgou nesta quarta-feira (8) um relatório com as 15 profissões que mais cresceram no Brasil desde 2015 e tendem a continuar em alta neste ano. Entre as ocupações de destaque, nove são ligadas à tecnologia, o que comprova à crescente digitalização das empresas brasileiras.

“Pela primeira vez segmentada por país, a pesquisa aponta nesta edição as 15 profissões que lideram o ranking das posições emergentes no Brasil, as habilidades mais requisitadas e os setores que mais contratam cada uma delas”, apresenta Milton Beck, diretor geral do LinkedIn na América Latina.

No primeiro lugar da lista está o profissional de gestão de mídias sociais, cuja procura teve crescimento anual médio de 122% desde 2015. Vale o destaque também para a profissão de motorista, que aparece na décima posição e mostra o crescimento dos aplicativos de mobilidade no país.

Veja, a seguir, as 15 profissões que estão em alta para 2020 no Brasil, os conhecimentos essenciais a cada uma delas e os setores que mais buscam por profissionais.

  1. Gestor de mídias sociais

Crescimento médio anual: 122%

Conhecimentos essenciais: Marketing digital; redes sociais; Adobe Photoshop; Adobe Illustrator; e marketing.

Setores que mais buscam profissionais: Publicidade e marketing; mídia online; e internet.

  1. Engenheiro de cibersegurança

Crescimento médio anual: 115%

Conhecimentos essenciais: Docker Products; Ansible; DevOps; Amazon Web Services, AWS; e Kubernetes.

Setores que mais buscam profissionais: Tecnologia da Informação e serviços; software de computadores; serviços financeiros.

  1. Representante de vendas

Crescimento médio anual: 109%

Conhecimentos essenciais: Outbound Marketing; inbound marketing; pré-venda; vendas internas; e prospecção.

Setores que mais buscam profissionais: Softwares de computadores; tecnologia da Informação e serviços; e internet.

  1. Especialista em sucesso do cliente

Crescimento médio anual: 79%

Conhecimentos essenciais: Inbound marketing; auxiliar no sucesso do cliente; relações com o cliente; marketing digital; e experiência do cliente.

Setores que mais buscam profissionais: Tecnologia da Informação e serviços; software de computadores; e internet.

  1. Cientista de dados

Crescimento médio anual: 78%

Conhecimentos essenciais: Machine Learning; ciência de dados; linguagem Python; linguagem R; e ciência de dados.

Setores que mais buscam profissionais: Tecnologia da Informação e serviços; bancos; e softwares de computadores.

  1. Engenheiro de dados

Crescimento médio anual: 75%

Conhecimentos essenciais: Apache Spark; Apache Hadoop; grandes bancos de dados; Apache Hive; e a linguagem de programação Python.

Setores que mais buscam profissionais: Tecnologia da Informação e serviços; bancos; e serviços financeiros.

  1. Especialista em Inteligência Artificial

Crescimento médio anual: 73%

Conhecimentos essenciais: Machine learning; deep learning; linguagem de programação Python; ciência de dados; Inteligência Artificial (IA).

Setores que mais buscam profissionais: Tecnologia da Informação e serviços; softwares de computadores; e instituições de ensino superior.

  1. Desenvolvedor em JavaScript

Crescimento médio anual: 72%

Conhecimentos essenciais: React.js; Node.js; AngularJS; Git; e MongoDB.

Setores que mais buscam profissionais: Tecnologia da Informação e serviços; softwares de computadores; e internet.

  1. Investidor Day Trader

Crescimento médio anual: 69%

Conhecimentos essenciais: Bolsa de valores; Technical Analysis; investimentos; mercado de capitais; e o investimento de curto prazo Trading.

Setores que mais buscam profissionais: Serviços financeiros; mercado de capitais; e gestoras de fundos de investimentos.

  1. Motorista

Crescimento médio anual: 68%

Conhecimentos essenciais: Serviço ao cliente; Microsoft Word; liderança; Microsoft Excel; e vendas.

Setores que mais buscam profissionais: Internet; transportes terrestres e ferroviários; e serviços e facilidades ao cliente.

  1. Consultor de investimentos

Crescimento médio anual: 61%

Conhecimentos essenciais: Investimentos; mercado de capitais; mercado financeiro; renda fixa; e análise financeira.

Setores que mais buscam profissionais: Serviços financeiros; mercado de capitais; e bancos.

  1. Assistente de mídias sociais

Crescimento médio anual: 60%

Conhecimentos essenciais: Redes sociais; marketing digital; Adobe Photoshop; Instagram; e publicidade.

Setores que mais buscam profissionais: Publicidade e marketing; internet; Tecnologia da Informação e serviços.

  1. Desenvolvedor de plataforma Salesforce

Crescimento médio anual: 58%

Conhecimentos essenciais: Desenvolvimento de Salesforce.com; linguagem de programação Apex; recursos do Salesforce.com; administração de Salesforce.com; e Visualforce.

Setores que mais buscam profissionais: Softwares de computadores; Tecnologia da Informação e serviços; e consultoria em gestão.

  1. Recrutador especialista em Tecnologia da Informação

Crescimento médio anual: 56%

Conhecimentos essenciais: Recrutamento em TI; recrutamento; entrevista; pesquisa de executivos; e técnicas de recrutamento.

Setores que mais buscam profissionais: Tecnologia da Informação e serviços; recrutamento e seleção; e Recursos Humanos.

  1. Coach de metodologia Agile

Crescimento médio anual: 53%

Conhecimentos essenciais: Kanban; metodologia Agile; Scrum; gestão de projetos em Agile; e agilidade para os negócios.

Setores que mais buscam profissionais: Tecnologia da Informação e serviços; softwares de computadores; e internet.

Continue lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conhecimento

Pangolin – Coronavírus – Covid – 19

Publicado

on

Continue lendo

Conhecimento

Estação Espacial Internacional é fotografada por astrônomo amador do quintal de casa

Publicado

on

Depois de um buraco negro super distante, foi a vez da Estação Espacial Internacional posar para a foto. O usuário do Reddit 120decibel postou em seu perfil uma foto que tirou do complexo a partir do quintal de sua casa. O porém fica por conta do fato de que ele utilizou nada menos que um telescópio que custa em torno de US$7 mil, o que ainda assim não desvaloriza seu feito. Segundo ele, foi preciso acompanhar manualmente o avanço da estação, que viaja a uma velocidade de aproximadamente 28 mil km/h, sendo necessário também uma câmera com alta taxa de quadros.

Mesmo que não possua um equipamento especializado caríssimo, você também pode ver a estação a olho nu, ainda que não com a mesma clareza da foto acima. Segundo outros usuários, a ISS pode ser vista como um ponto brilhante no céu, 30º acima do horizonte. Você deve, no entanto, prestar bastante atenção, já que sua passagem dura cerca de 2 minutos, e pode ser facilmente confundida com uma estrela qualquer, ou até mesmo um avião.

Caso tenha interesse e queira se planejar, o site Heavens Above possui todos os dados que você precisa para fazer a observação, incluindo previsões dos locais onde o complexo irá passar nos próximos dez dias. Vale lembrar que as condições climáticas também influenciam na observação, com um dia nublado impossibilitando sua visão, por exemplo.

Continue lendo

Conhecimento

Quarentena generalizada mudou a maneira como a crosta da Terra se move

Publicado

on

Com menor atividade humana, o chamado ruído sísmico da crosta terrestre também diminuiu. Entenda o fenômeno.

Por Bruno Carbinattoaccess_time1 abr 2020, 19h25chat_bubble_outlinemore_horiz

 (tunart/Superinteressante)

Com grande parte do mundo adotando medidas totais ou parciais de distanciamento social, a Terra está ficando menos agitada – literalmente. Cientistas de diversos países vêm observando a diminuição do chamado ruído sísmico, o barulho gerado pela vibração da crosta terrestre capaz de ser medido por instrumentos chamados sismógrafos. 

A redução provavelmente tem a ver com a menor circulação de pessoas e carros pelas cidades, além da pausa em outras atividades humanas, segundo pesquisadores. Parece exagerado pensar que nossas ações alteram a dinâmica terrestre, mas, quando somadas, as influências humanas causam sim pequenas variações na vibração da crosta, principalmente em nível local. Esse “ruído de fundo”, em geral, é negativo para a atividade dos sismógrafos, porque atrapalha as observações de ruídos naturais que ocorram na mesma frequência.

Continue lendo

Diversos

A vida começa da Última Milha - adm@7ports.com.br - comercial@7ports.com.br - ombudsman@7ports.com.br - Copyright © 2020 - sevenports.com.br